Wednesday, January 03, 2007

O regresso do Chunga e da Fininha

A rua não os via há uns meses. As janelas não vibravam com os seus gritos, faz tempo. Mas ontem tudo isso mudou. As alminhas (e toda a gente num raio de um quilómetro) foram brindadas, quase à meia noite, com mais uma alegre discussão. Entre os uivos dele e a gritaria dela, numa voz cada vez mais esganiçada e pintada de peixeirice, ouviu-se asneiras, ordens, coisas a serem pontapeadas e disparates perfeitos.
Ainda não percebi bem se eles se amam ou odeiam, mas deve ser um pouco de ambos. Entretanto, do alto dos seus 16 a 17 anos, vão incomodando toda a vizinhança e provando que a chungaria/falta de respeito/péssima educação existe e veio para ficar.

2 comments:

Alminha Mariana said...

xinapá, desses não tenho eu saudades!!!

mary said...

uns queridos aqueles miúdos, uns queridos