Monday, February 16, 2009

Busted!

À conta dos meus phones novos já comecei a descobri coisas interessantes...
Ontem à noite, enquanto fazíamos o nosso mappling típico de Domingo, eu estava a ouvir umas musiquinhas e a Diana deambulava pelo canais de televisão. Eis que os meus phones silenciaram-se e ouço a Diana a cantar, toda contente, o "Azul do Céu" do André Sardet que estava a dar na tv. Engraçado foi vê-la calar-se quando reparou que eu ia tirar os phones, descansadinha que eu não a tinha ouvido a cantarolar uma das piores músicas de sempre, com um ar super comprometido! lololololol. Foi muito bom!
Tssstttt... E agora, Diana? Também vais incluir o "Azul do Céu" na próxima edição das músicas pirosas preferidas?
Enfim, episódios do quotidiano alminhete!

5 comments:

Lek said...

Bem feitinhas as coisas, este post devia incluir um link Youtube para a musica do Sardet, bem como outro para seguir a letra ao mesmo tempo que se ouvia a musica.
E estou a ser brando, porque o ideal seria ter um Mp3 com a gravação da versão "dobrada" pela Diana.
Mariana, a tua proxima prenda vai ser um microfone bem discreto ;)

Joe said...

Shame on you alminha Leididi!

Alminha Mariana said...

lololol! Enquanto eu viver não haverá videos do andré sardet em nenhum dos meus blogs! Já uma versão cantada pela Diana não seria nada má ideia!

Leididi said...

Ah!Grande sonsa!!!A cantoria foi involuntária, pá!!Eu já disse que não consigo não cantar, seja que música for!!Hummmppffff.

O Analista said...

Leididi, eu também gosto de música pimba e para a palhaçada. Tenho para mim que já ninguém faz baladas como o Phil Collins, e que faz todo sentido cantar o 'Azul do Céu' do André Sardet, principalmente quando o Porto ganha :)

Além do mais não tenho problema nenhum em admitir que essas músicas de refrão apelativo, servem inúmeras vezes para alegrar um dia menos bom.

Assim como diz o Bruno Nogueira e muito bem, "Há qualquer coisa de intelectual em contradizer as massas".

Por isso, continuarei fiel ao meu ouvido, e informo que não somos muitos, já fomos menos, mas estamos a crescer. E daqui a formar uma associação recreativa, é um tirinho! ;)

Cumprimentos.