Monday, March 24, 2008

Alminhas (mais a Leididi) à beira de um ataque de nervos parte 449

Não se aguenta. Juro. A sala dos monstros fica mesmo por baixo do meu quarto e eu estou a um passinho de bebé de perder o juízo. Estou a um passinho de, às duas da manhã, armar uma escandaleira nas escadas do prédio, à porta daquela família histérica e desiquilibrada que mora no andar de baixo. Nunca na minha vida detestei tanto... crianças. São tão... tão... barulhentos e incomodativos que mais parecem elefantes. Ontem à noite foi um verdadeiro inferno. Era eu a querer dormir, à uma da manhã (bem bom, hey!), sendo que tinha de acordar às 6h30, e eles a jogar à bola, a gritar, a rir e a conversar alegremente como se viveseem numa vivenda isolada do mundo, os anormais. E isto até às duas da matina, os broncos. É que não se pode contar com a mãezinha maluca daquelas pestes, que mais parece que deixou a nave há pouco tempo, nem com estrangeiro do pai, que ainda por cima é velho e não tem mão neles, e só cá está de vez em quando. Tenho de ser eu, com a ajuda das minhas boas Alminhas, a prestar serviços de educação à bruta, está visto. Já imagino o momento em que lhes vou dar uma lição, com requintes de malvadez. Mas é que dava-lhes tantos estalos, tantos pontapés no rabo, tantos puxões de orelhas, tants carolos naquelas cabeças, que eu queria ver quando é que voltavam a abrir aquelas goelas irritantes outra vez. Raios partam.

5 comments:

mary said...

Como é bom ouvir as crianças a brincar, a jogar à bola, a jogar ao STOP/Países, a arrastar móveis, a guinchar e espernear.. à uma da manhã!as crianças são maravilhosas..!

Lek said...

Tão a ver o anuncio daquele detergente?! "As crianças têm o direito de se sujarem" Pois é, elas também têm o direito de nos massacrar a cabeça sempre que lhes apetecer. O que não invalida que lhes possamos afinfar uns "carolos-pedagógicos" de quando em vez. Eu cá, sou pela tortura psicológica às criancinhas, torna-as mais rijas ;)
No vosso caso sugiro, uma aparelhagem a debitar o CD do Noddy em loop quando vocês não estiverem em casa. Pode ser que os pequenos vizinhos se acalmem.

Little Miss Starlight said...

Troco as tuas criancinhas pelo vizinho bebedo do andar de cima, que dá porrada na mulher dia sim, dia sim, e que quando o Sporting perde é ouvir desfilar uma quantidade de palavrões, alguns dos quais desconhecidos do comum dos mortais. Depois berram os dois um com o outro durante 3 horas, a seguir metem Scorpions, e vá de fazer o amor porque isto de levar cabeçadas é bom, mas diz que o amor consegue ser um bocadinho melhor. E depois há a filha deles, que dorme por cima do meu quarto. Adolescente irritante, que a qualquer hora do dia gosta de ouvir as "músicas da moda" (pum pum pum pum ... over the rainbow... la la la....) no volume máximo. E que agora deve andar com a mania das dietas, porque assim que acorda vá de correr 0s 200 metros barreiras no quarto e saltar (será à corda?), de tal forma que os meus vidros vá de tremerem como se de uma guerra civil se tratasse. Já para não falar da netinha do queridíssimo casal "quanto-mais-me-bates-mais-gosto-de-ti", que deve ter para aí 3 anos, e que deixam ficar acordada até de madrugada aos gritos e aos pulos e o raio que a parta... Ah, e na parte de trás da casa há uns pequenos quintais com umas hortas, que a minha vizinha do lado em vez de usar para cultivar, utiliza para dizer 30 vezes por dia aos gritos para os vizinhos das outras hortas (alguns são mesmo surdos, e aí compreende-se...) que "SOU REFORMADA DA FORÇA AÉREA!! ERA UM TRABALHO MUITO CANSATIVO, CHEGAVA A CASA QUASE ÀS SETE!!! E AMANHÃ O MEU FILHO E A MINHA NORA VÊEM CÁ!!! OH BANDIDO, TU VAI PARA DENTRO DA BARRACA!!! (isto para o desgraçado do cão)". E depois tem galinhas e galos histéricos, que andam regulados para cantar às horas mais estranhas que se possam imaginar... Enfim. Já ando à procura de novo quarto... :)**

leila said...

eh pa...
não chega da musiquinha?
não queria ter de deixar de frequentar o blog, mas já não se aguenta... :(

(desculpem lá a frontalidade)

TONE said...

Eu subscrevo o Lek: vai de Noddy para os vizinhos e eles que se aguentem!

-manuel de instruções-
* ligar o "onofre", vulgo power/standby
* clickate no open/close pó CD
* clickate no play
* clickate na faixa mais irritante possible
* clickate no repeat 1
* rotate o volumete pó esticão do belo alto-falante
* dar o foguete de casa antes que os vizinhos notem
* ir cortir
* cortir
* ...
* botar o assento no banco do carro e voltar a casa
* arrumarate paciência para pedir desculpate aos vizinhos por terem deixado a aparelhagi ligada
* entrar em casa e rir e postate no blog

O abraço
fui